Praias

Marinas

Uma praia pode ser eleita para ter a Bandeira Azul se for oficialmente uma área de banho com pelo menos um ponto de coleta para análise de qualidade de água. O nome e as fronteiras da praia devem ser reconhecidos oficialmente… Conheça todos os critérios

Uma marina pode ser eleita para ter a Bandeira Azul se for oficialmente uma área para barcos de passeio, à vela e/ou a motor, podendo estar localizada em águas costeiras/marinhas ou interiores. A marina pode ser parte de um complexo… Conheça todos os critérios

Veja aqui os locais certificados no mundo

IX Workshop Bandeira Azul será no Rio de Janeiro

Será realizado nos dias 23 e 24 de maio o IX Workshop Nacional Anual do Programa Bandeira Azul, na sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro – ACRJ.  O programa concede um certificado internacional de qualidade de caráter socioambiental para marinas e praias e o encontro tem o objetivo de reunir os responsáveis pelas candidatas à certificação visando esclarecimentos sobre os critérios e a documentação de solicitação para a temporada 2016/2017, além de discutir sobre a sustentabilidade na gestão do turismo de sol e praia e turismo náutico. De acordo com Leana Bernardi, Coordenadora Nacional do Programa Bandeira Azul Brasil e do Instituto Ambientes em Rede, “o workshop é obrigatório para todos os candidatos e deve reunir representantes de vários estados, sendo o primeiro dia de seminário aberto a todos interessados, onde são oferecidas palestras sobre gestão de praias e marinas.  E o segundo dia dedicado somente aos representantes de praias e marinas inscritos no programa e consultores cadastrados”. O encontro também pretende debater sobre assuntos pertinentes ao Programa Bandeira Azul no contexto nacional e internacional e no Brasil são certificadas a Prainha, no Rio de Janeiro, a Praia do Tombo, em São Paulo, a Marinas Nacionais, em Guarujá-SP, a Marina Costabella – Angra dos Reis-RJ, a Praia de Palmas, em Governador Celso Ramos – SC e Lagoa do Peri, em Florianópolis – SC. Atualmente estão na fase piloto do programa as seguintes praias do Brasil: Praia de Areia Vermelha, Cabedelo – PB; Praia de Ponta de Nossa Senhora do Guadalupe – Salvador – BA; Praia da Lagoa do Iriry, Rio das Ostras – RJ; Praia do Remanso,... read more

Programa Bandeira Azul foi uma as atrações da FIT Pantanal em Cuiabá – MT

Aconteceu nos dias 20 a 24 de abril em Cuiabá, Mato Grosso a Feira Internacional de Turismo do Pantanal – FIT PANTANAL. As discussões permearam a sustentabilidade do turismo e o intercâmbio de conhecimentos técnicos e científicos e de projetos ecologicamente corretos, com foco na promoção de negócios do Turismo. Durante o evento aconteceram fóruns, reuniões, palestras e a EXPOTUR – Feira Internacional de Turismo onde os visitantes puderam ainda aproveitar o Festival Gastronômico: Sabores da Amazônia, Cerrado, Araguaia e Pantanal; a Mostra de artesanato e diversas apresentações culturais. As reuniões de destaque foram a do FORNATUR (Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo) e do ZICOSUR – Zona de Integração do Centro Oeste Sul Americano. O ZICOSUR é um fórum de caráter internacional, integrado por governos subnacionais (regiões, províncias, departamentos e estados) de seis países: Argentina, Bolívia, Brasil (MT, MS, SC), Chile, Paraguai e Peru. Trata-se de um processo de integração regional horizontal que congrega uma sub-região do Mercosul. No Núcleo do conhecimento os palestrantes puderam apresentar seus cases de sucesso e debater sobre sustentabilidade e turismo. O Programa Bandeira Azul despertou grande interesse dos representantes municipais e empresários do estado. A possibilidade de levar a Bandeira Azul para praias e marinas de água doce no centro do continente sul-americano encantou a todos. O programa foi apresentado pela sua coordenadora Leana Bernardi que afirmou que “o Brasil tem um potencial imenso de praias e marinas em águas interiores a serem certificadas pelo programa. Se houver interesse dos gestores as praias de água doce podem até superar o número de praias costeiras que apresentam muitos problemas com... read more

Temporada Bandeira Azul termina nas praias do Sul

A Lagoa do Peri, em Florianópolis, e a praia de Palmas, em Governador Celso Ramos, encerraram a temporada Bandeira Azul no último domingo de Páscoa. As duas permanecem no programa, mas a bandeira não será mais hasteada até a próxima temporada. As demais praias e marinas dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo permanecem com as bandeiras hasteadas. “Isso acontece porque as praias do Sul contam com alguns serviços que só funcionam na temporada, como guarda-vidas, por exemplo. As praias e marinas dos outros Estados oferecem estes serviços ao longo do ano e assim têm temporada anual. Independente do tempo de duração da temporada todas deverão solicitar a renovação e ser aprovadas pelos júris para manter a certificação na próxima temporada”, explica Leana Bernardi, coordenadora do programa no Brasil. De acordo com o secretário de turismo de Governador Celso Ramos, Ismael Valese, a primeira temporada da praia de Palmas no programa trouxe resultados positivos tanto para o município quanto para os turistas. “A certificação valorizou a praia e trouxe turistas de todas as partes do país. Para o ano que vem, pretendemos melhorar ainda mais nossos serviços, incluindo fraldários nos banheiros, por exemplo, para garantir a bandeira. A rampa de acessibilidade foi o grande destaque da temporada”,... read more

Entidade representante do setor náutico passa a ser membro do Júri Nacional Bandeira Azul

A Associação Náutica Catarinense para o Brasil (Acatmar) teve reconhecimento internacional ao ser convidada a integrar o júri do programa Bandeira Azul no país, certificação mundial de preservação ambiental que no Brasil contempla quatro praias – Prainha (RJ), Praia do Tombo (SP), Praia de Palmas e Lagoa do Peri (ambas em SC) – e duas marinas, em Angra dos Reis (RJ) e no Guarujá (SP). O que motivou a escolha da entidade foram suas ações sustentáveis, principalmente os projetos Marina Legal, que assessorou marinas catarinenses em sua legalização, e Limpeza dos Mares – mutirões envolvendo embarcações e mergulhadores para retirar toneladas de lixo do fundo das águas do litoral de Santa Catarina. Segundo Leandro ‘Mané’ Ferrari, presidente da Acatmar, a Associação não busca somente o fomento das atividades náuticas, mas o cuidado da natureza e o desenvolvimento sustentável do setor. “Nosso conhecimento prático sobre marinas e todos os aspectos da economia do mar agora serão somados aos demais membros do júri”, avalia, feliz com o reconhecimento. “É uma honra participarmos de um programa tão criterioso e fundamentado”, explica. Para Álvaro Ornelas, diretor de Negócios da Acatmar, “o planejamento executado há dois anos pela Acatmar trouxe resultados consistentes e a economia do mar tem sido alavancada em todos os seus setores”. A meta agora é a troca de experiências e know-how para ampliar a consciência de conservação de praias e as boas práticas das marinas e embarcações de turismo. De acordo com Leana Bernardi, coordenadora do Bandeira Azul, esta é apenas a primeira etapa da parceria. “Em breve outras ações pontuais serão realizadas em conjunto com a Acatmar, visando o... read more

Bandeira Azul realiza ações na Travessia da Ilha do Campeche

Programa Bandeira Azul esteve presente na Travessia da Ilha Campeche 2016, que aconteceu no sábado (19), na praia do Campeche, em Florianópolis. Enquanto mais de 200 nadadores realizaram a travessia da praia até a Ilha do Campeche, ONGs participantes, entre eles o Bandeira Azul, realizavam ações socioambientais na tenda principal do evento. De acordo com a coordenadora do programa, Leana Bernardi, o evento foi importante para conscientizar a população sobre a importância da preservação ambiental e para repassar informações sobre o Bandeira Azul no Brasil. “Conseguimos fazer uma limpeza de praia simbólica com crianças, adolescentes e idosos. Foram recolhidas mais de 1900 bitucas de cigarro em limpezas de 15 minutos realizadas por grupos com média de 12 participantes. O engajamento da comunidade foi muito gratificante”, afirmou. Uma das integrantes do Conselho Socioambiental da Sotália Sports, organizadora do evento, Raquel Paladino Matta disse que o Conselho ficou grato com a participação da coordenação do Bandeira Azul. “O auxílio e participação do Bandeira Azul nas atividades socioambientais ocorridas durante o evento foram de fundamental importância para aumentar a conscientização dos participantes para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro. É bom saber que podemos contar com parceiros que buscam os mesmos objetivos de conscientização e preservação da natureza”,... read more